+1 (888) 6-LINGUA
Escolha uma Página

Muitos falantes de inglês podem pensar que o espanhol é falado mais ou menos da mesma maneira em todo o mundo. Mas não é bem assim: há diferenças consideráveis entre o espanhol da Espanha e o da América Latina.

Há também diferenças entre os diferentes países latino-americanos. As pessoas não falam o mesmo em Porto Rico como na Argentina, e nem mesmo na Colômbia e na Venezuela, apesar de serem tão próximos.

Mas o espanhol da Espanha é consideravelmente diferente do resto do mundo.

Espanhol da Espanha vs. espanhol latino-americano

Na América Latina, por exemplo, os s, z e c –antes de i, y, e– soam exatamente iguais graças a um fenômeno aceito como correto chamado “seseo”.

O “seseo” também ocorre em dois territórios da Espanha: Andaluzia e Ilhas Canárias, mas não ocorre no resto do país:

Na Espanha, z e c (antes de i, y, e) têm o som “th”.

Mas isso é apenas um exemplo. Em grande parte do Mar do Caribe, transforma o som do “r” em “l”, embora não de forma culta, mas como um erro muito comum.

E essas diferenças vão muito além quando se observa que em partes da Argentina e Uruguai o “ll” é pronunciado como “sh”.

Você

Qualquer falante nativo de um idioma diferente do espanhol pode se confundir com a maneira de dizer “você.”

Tanto na Espanha como na maior parte da América Latina, a segunda pessoa do singular é “tú” (informal) e “usted” (formal), exceto em alguns lugares, como a Argentina, onde “vos” é usado.

Exemplos:

Singular.

Espanha:

“¿Tú tienes hambre?”

América Latina:

¿Tú tienes hambre?

Argentina e outras regiões:

“¿Vos tenés hambre?

Mas quando se trata do plural, na América Latina eles dizem e escrevem “ustedes”, e na Espanha eles usam “vosotros”.

Exemplos:

Espanha:

“¿Vosotros tenéis hambre?”

América Latina:

“¿Ustedes tienen hambre?”

Argentina e outras regiões:

“¿Ustedes tienen hambre?

Os verbos também mudam quando o espanhol tú é usado, e mais ainda quando o imperativo é aplicado, ou seja, quando pedimos ou pedimos algo a alguém.

Exemplos:

Espanha:

“Idos a casa”

América Latina:

“Váyanse a casa”

Espanha:

“Sed buenos”

América Latina:

“Sean buenos”

Espanha:

“Canten esta canción”

América Latina:

“Cantad esta canción”

Os itens acima são apenas algumas das diferenças mais notórias entre o espanhol falado na Espanha e o da América Latina. Mas isso não deve ser motivo de preocupação.

Ao aprender, por exemplo, o espanhol da América Latina, o tempo e os meios de comunicação vão, mais cedo ou mais tarde, nos ensinar de uma forma muito fácil e natural como entender perfeitamente o que se fala na Espanha.

Embora o vocabulário seja basicamente o mesmo, é bom saber que, em espanhol, as coisas costumam ser chamadas de forma diferente em cada país e até região: isso inclui desde nomes de frutas até tecnologias. Às vezes você pode simplesmente mudar o sotaque (“vídeo” na Espanha – “video” na América Latina), mas em outros exemplos você muda a palavra inteira (“ordenador” na Espanha – “computadora” ou “computador” na América Latina)

Insistimos que essas diferenças não devem ser motivo de alarme. Além disso, no Lingua Language Center, temos um método muito eficaz de ensino de espanhol, que funciona há décadas.

Entre em contato conosco para dar os primeiros passos na aquisição da língua espanhola, que representa um mundo de oportunidades para seu trabalho e seu cérebro.

Aviso: Este artigo foi traduzido automaticamente e não reflete a qualidade do serviço de tradução do Lingua Language Center.