+1 (888) 6-LINGUA
Escolha uma Página

Se você está pensando em se mudar para um país anglo-saxão, provavelmente já se perguntou se é melhor morar nos EUA ou no Reino Unido. Neste artigo, responderemos a essa pergunta de forma simples e imparcial.

Como imigrante latino-americano, pode ser difícil decidir entre morar nos EUA ou no Reino Unido. No entanto, é provável que, devido à proximidade geográfica, o país das estrelas e listras seja sua primeira opção.

De qualquer forma, vários aspectos precisarão ser analisados em profundidade.

Está morando nos EUA ou no Reino Unido?

Ambas as nações têm seus prós e contras. Portanto, vamos analisar características como custo de vida, qualidade dos serviços, acesso à saúde, qualidade da educação e facilidade de adaptação cultural.

Custo de vida

De acordo com o Expatistan, o custo de vida nos EUA é normalmente 12% mais alto do que no Reino Unido. Além disso, o custo dos alimentos é 39% mais alto nos EUA do que no Reino Unido 1. Entretanto, é importante observar que o custo de vida varia de cidade para cidade e de região para região.

Qualidade dos serviços

Em termos de qualidade dos serviços, o Reino Unido tem um sistema nacional de saúde (NHS) que oferece atendimento médico gratuito a todos os residentes do país.

Por outro lado, os Estados Unidos não têm um sistema nacional de saúde e não têm cobertura universal de seguro de saúde. De acordo com um relatório do Commonwealth Fund, os Estados Unidos ocupam a última posição em termos de acesso, equidade e resultados de assistência médica entre os países de alta renda.

Acesso à saúde

O acesso à assistência médica é mais fácil no Reino Unido devido ao sistema nacional de saúde, que é gratuito para cidadãos nacionais e estrangeiros. Nos Estados Unidos, por outro lado, é uma lei não escrita que todos devem ter seguro de saúde, já que a assistência médica é privada.

Qualidade da educação

Em termos de qualidade da educação, de acordo com dados do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA), os alunos dos EUA obtiveram uma média de 488 pontos em leitura, matemática e ciências.

Esse valor é maior do que a média da OCDE, de 486 pontos. O sistema educacional britânico baseia-se em novas metodologias inovadoras que buscam o aprendizado experimental e a aplicação do conhecimento adquirido na vida cotidiana.

As escolas geralmente trabalham com metas anuais e individuais definidas no Currículo Nacional.

Facilidade de adaptação cultural

A facilidade de adaptação cultural depende do indivíduo e de sua experiência pessoal. Entretanto, ambos os países têm uma grande diversidade cultural e um grande número de imigrantes.

Em geral, os Estados Unidos são considerados mais receptivos aos estrangeiros devido à sua história como uma nação fundada por imigrantes.

O Reino Unido também tem uma longa história como destino de imigrantes e tem sido o lar de muitas comunidades étnicas há décadas.

Salários nos Estados Unidos e no Reino Unido

Quanto aos salários, a resposta depende da profissão e da localização geográfica. Os empregos qualificados na Inglaterra são mais bem pagos do que nos Estados Unidos. Por exemplo, um programador em Londres pode ganhar até £ 8.000 por mês.

Entretanto, os empregos técnicos e de baixa qualificação tendem a ser mais bem pagos nos EUA do que no Reino Unido.

É importante observar que o custo de vida varia de acordo com a cidade e o estilo de vida. Se você estiver pensando em migrar para um desses países, deverá pesquisar mais sobre as oportunidades de emprego e o custo de vida nas cidades específicas de seu interesse.

Em suma, ambos os países têm seus prós e contras. O Reino Unido tem um sistema de saúde nacional gratuito e educação de boa qualidade. Por outro lado, os Estados Unidos têm uma economia maior e uma história como uma nação fundada por imigrantes. A escolha final dependerá do indivíduo e de suas necessidades pessoais.

Aviso: Este artigo foi traduzido automaticamente e não reflete a qualidade do serviço de tradução do Lingua Language Center.