+1 (888) 6-LINGUA
Escolha uma Página

Em cada país, a gorjeta é diferente. Em alguns, dar-lhes é uma ofensa, como no Japão; em outros, a ofensa não é dar-lhes. Mas como é que é a gorjeta nos Estados Unidos?

Neste artigo vamos explicar tudo sobre gorjetas nos Estados Unidos, porque sabemos que ir a um restaurante é uma parte fundamental da experiência de visitar outro país.

Como é que a gorjeta surgiu nos Estados Unidos?

O costume de dar gorjeta nos restaurantes nasceu na Europa: quando um aristocrata pagava, deixava sempre um pequeno extra. Logo isto começou a ser copiado pelo resto da população.

A dica nos Estados Unidos surgiu como uma consequência directa deste costume europeu. Aqueles que tinham viajado para a Europa começaram a deixar quantidades adicionais em restaurantes americanos.

Mas mesmo para os europeus, a gorjeta dos americanos ficou fora de controlo. De repente, começou a dizer-se na Europa que os americanos davam demasiadas gorjetas.

Crédito de gorjeta

A gorjeta tornou-se tão comum nos Estados Unidos que nos anos 60, o Congresso dos EUA permitiu que alguns restaurantes pagassem aos seus empregados abaixo do salário mínimo, desde que recebessem gorjetas. Esta remuneração foi denominada “crédito de gorjeta”.

Como é que a gorjeta funciona em restaurantes e cafés?

A gorjeta não é obrigatória nos Estados Unidos, mas é tão comum que se não der gorjeta, pode ganhar a antipatia dos seus prestadores de serviços e até de outros clientes.

O consenso comum é que a dica deve estar entre 15% e 20%. Enquanto estiver dentro desse intervalo, a sua dica será considerada normal ou correcta. Mas na verdade, qualquer gorjeta de menos de 20% fará os empregados de mesa perguntarem-se o que fizeram de errado.

As gorjetas são o salário real

Para quem trabalha em cafés e restaurantes, as gorjetas são o salário real. Lembre-se do que explicámos acima: nos anos 60, um acto do Congresso permitiu que restaurantes e cafés pagassem abaixo do salário mínimo aos seus empregados, desde que estes compensassem com gorjetas.

Por exemplo, é comum que os empregados de mesa trabalhem 30 horas por semana por um salário mensal de 200 dólares. Isto é inimaginável mesmo em economias deprimidas. A diferença está nas pontas.

Graças a gorjetas, os empregados podem ganhar até 200 dólares por noite – ou muito mais – dependendo do local onde trabalham.

As gorjetas significam muito para os empregados de mesa. Muitos pagam-lhes os estudos, o aluguer ou as despesas familiares.

A sinceridade vem primeiro

Os empregados de mesa convidam frequentemente os seus clientes a serem honestos acerca do serviço e da qualidade dos alimentos. Mas também estão dispostos a ultrapassar todas as objecções e a confrontar os clientes. Portanto, é normal que haja um debate se não se quiser deixar uma dica.

É pouco provável que o empregado de mesa se mantenha em silêncio face ao que considera uma injustiça, o que torna a gorjeta uma presença constante nos pagamentos.

É claro que, quando se passa um mau bocado por causa do restaurante ou do café, é comum ser bem recompensado.

Dicas em outras áreas

Tão naturalizado é o costume de dar gorjetas nos Estados Unidos que as gorjetas são distribuídas mesmo para além dos restaurantes. São também esperados em táxis, cabeleireiros, e onde quer que seja prestado serviço ao cliente. Mas vejamos o principal…

Tipping no transporte

Os taxistas têm normalmente um visor digital no qual as pessoas podem escolher quanto devem dar gorjeta. O mínimo é de 15%.

E qual é o benefício para o cliente em tudo isto? Uma atenção cuidadosa. Os taxistas tentarão dar-lhe o melhor negócio possível para que não os deixe apenas 15%, mas mais. E se decidir não lhes dar gorjeta, eles irão perguntar-lhe o que fizeram de errado.

No caso dos manobristas, é uma boa ideia ter sempre à mão algumas notas de dólar. Normalmente esperam uma gorjeta de entre um e três dólares.

Dicas em salões de cabeleireiro

No caso de cabeleireiros e barbeiros, o trabalho exige tanto empenho para com o cliente e os seus gostos que é comum oferecer uma gorjeta entre 20% e 25% do preço total.

Para quem não o fizer, pode ter a certeza de que será melhor mudar de salão da próxima vez.

Qual é a forma correcta de dar gorjeta?

Os trabalhadores de qualquer estabelecimento comercial ficarão profundamente gratos se lhes deixar as suas gorjetas em dinheiro. Caso contrário, eles passarão primeiro pelas mãos do gerente.

Contudo, nunca deixe que isso seja uma desculpa para não dar gorjetas. As dicas são a força motriz por detrás do trabalho de toda a indústria de serviços nos Estados Unidos. Portanto, quando vier, tenha sempre isso em mente.

Quer vir para os EUA para estudar inglês?

Se quiser passar um tempo inesquecível nos Estados Unidos a aprender inglês e a conhecer a cultura da nação, escreva-noshoje!

No Lingua Language Center, oferecemos diferentes programas de inglês para que possa aprender a língua rapidamente através da imersão total. Tratamos de todos os detalhes da sua logística: onde vai ficar, a sua comida, o seu entretenimento…

Não perca esta oportunidade. Os nossos conselheiros estão prontos a dar-lhe toda a informação de que necessita.

Aviso: Este artigo foi traduzido automaticamente e não reflete a qualidade do serviço de tradução do Lingua Language Center.